Seletti finaliza 2013 com 40 contratos fechados e estima crescimento de 50% em 2014

O Seletti, rede de franquias de culinária saudável, chegou ao final de 2013 com 40 contratos assinados. De acordo com Leonardo Barros, responsável pelo departamento de expansão do Seletti, a marca solidificou ainda mais a presença na cidade, no interior e na região metropolitana de São Paulo. Também reforçou a atuação no ABC Paulista.

Para 2014, a meta é crescer aproximadamente 50%, chegando à marca de 60 contratos fechados e R$12 milhões investidos na abertura de 17 novas lojas. A região Nordeste do Brasil, segundo o executivo, segue nos planos de crescimento do Seletti, que já conta com uma loja em funcionamento em Recife (PE). Ceará, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba, Sergipe e Piauí são os próximos alvos de interesse. “Planejamos ter pelo menos um contrato fechado para abertura de unidade na capital de cada um desses estados”, afirma Barros.

 Além dessas praças, a rede também passa a voltar atenções para o Centro-Oeste do País. Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul estão na mira. O Seletti já está presente em Brasília, mas deseja ampliar sua atuação por meio da abertura de outras unidades em shoppings centers. “O foco segue voltado para as capitais”, explica Luis Felipe Campos, diretor e idealizador do Seletti.

 Atualmente a rede conta com 32 unidades, localizadas em São Paulo (capital e interior), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Recife (PE) e Belo Horizonte (MG).

Rede Experimento participa em fevereiro da Expo Franquia em Brasília

Prestes a completar 50 anos no mercado brasileiro, a rede especializada em intercâmbio cultural Experimento participará da Expo Franquia em Brasília, que acontecerá nos dias 07, 08 e 09 de fevereiro no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

A rede tem excelente oportunidade para a capital brasileira, que será destaque do evento, e anuncia outros mercados de interesse que estão abertos para franqueados, dentre eles: Campo Grande, MS; Cuiabá, MT; Porto Alegre, RS, João Pessoa- PB, entre outros.

Sempre preocupada com o atendimento prestado a seus experimenters (como carinhosamente chama seus intercambistas), preza pela capacitação de seus experts (como são chamados seus consultores) confirmando sua reputação em atendimento personalizado, credibilidade e alto nível de satisfação.

Para maiores informações você pode visitar a Expo Franquia em Brasilia (http://www.brasiliaexpofranquias.com.br).

:::Saiba mais sobre a franquia Experimento:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Veja a lista completa de franquias:::

:::Assista vídeos sobre franchising:::

Rede Experimento tem franquia disponível para repasse no bairro paulistano de Santana

A Experimento, rede especializada em intercâmbio cultural, tem uma franquia disponível para repasse no bairro de Santana, em São Paulo. A agência localizada foi inaugurada em 2009 e em seus quase 5 anos de funcionamento já organizou mais de 1200 programas de intercâmbio cultural para jovens e adultos.

Com uma localização privilegiada e uma estrutura de atendimento de alto padrão, oferece um grande potencial de crescimento para quem tem interesse em se dedicar exclusivamente ao negócio. A Experimento oferece treinamento e suporte para a condução do negócio, com a experiência de quem é a primeira agência de intercâmbio do Brasil.

A Experimento é a maior rede especializada exclusivamente em intercâmbio cultural. Desde 1964 atuando no país, é a pioneira no Brasil e, portanto, quem mais entende do assunto. Somos Experts em intercâmbio, com muito orgulho e paixão pelo o que fazemos.

Eleita por 4 anos consecutivos (2010, 2011, 2012 e 2013), a melhor agência de intercâmbio da América Latina através do Star Awards for International Education, um prêmio internacional promovido pela Language Travel Magazine, em Londres. A votação é realizada pelas organizações educacionais internacionais, que elegem as melhores escolas e agências do mundo inteiro. Foi premiada também nos últimos 3 anos com o Selo de Excelência em Franchising pela ABF.

Com uma rede com mais de 30 agências nas principais cidades brasileiras, a Experimento oferece diferenciais exclusivos para quem deseja realizar um intercâmbio cultural: foco exclusivo em intercâmbio, atendimento diferenciado, a mais moderna estrutura de atendimento, escolas e organizações internacionais de primeira linha, linha completa de serviços, flexibilidade nas formas de pagamento, apoio completo, dentre outros.

Confira mais informações sobre a franquia Experimento de Santana, que está disponível para repasse:

– metragem da loja: 43m2

– se é loja de rua ou shopping: Centro Empresarial (Sala comercial)

– diferenciais da loja / repasse: Localização(região de atuação exclusiva e garantida por contrato), equipe de vendas formada e atuante, cadastro de clientes ativo.

– quantos anos a loja existe: 5 anos

– porque está sendo repassada: mudança do franqueado para outra cidade.

–  o que contempla no repasse: Todo mobiliário e estrutura (mesas, cadeiras, poltronas, eletrodomésticos, comunicação visual, etc…),material de marketing para todo o ano de 2014, cadastro ativo de clientes.

– dados de contato: Cintia Lima – Supervisora de Expansão – Email: cflima@experimento.org.br  / Telefone: (11) 3035-0568

Rede especializada em culinária japonesa Koni investe R$ 9 milhões em expansão e quer abrir 18 lojas no semestre

A rede de fast food japonês Koni começa o ano expandindo a marca para vários estados do Brasil. O Rio de Janeiro será contemplado com dez novas unidades e o Distrito Federal, com quatro.  Já São Paulo vai ganhar mais dois restaurantes. Ainda no primeiro semestre, a rede chegará também ao Paraná e Ceará – onde hoje ainda não há lojas da marca. O investimento no plano de expansão chega a R$ 9 milhões.

O Koni fechou 2013 com 100 unidades, 66 em operação em oito estados do país e 34 assinadas. A projeção para 2014 é inaugurar 48 lojas, finalizando o ano com 110 unidades em operação e mais 55 assinadas, totalizando 165 (entre abertas e pontos assinados). O foco será principalmente a abertura de lojas em Sã Paulo, Rio de Janeiro e todo Centro-Oeste.

:::Saiba mais sobre a franquia Koni Store:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Abertas as inscrições para 60ª edição da Franchising University

A Franchising University, curso da Cherto Atco voltado para formação de executivos em Franchising, chega a 60ª edição com muitas novidades. Para comemorar a data e tornar o treinamento cada vez mais relevante para os participantes, reformulamos o conteúdo do curso. O objetivo das mudanças é preparar os profissionais para enfrentar os novos desafios do setor de franquias.

Como equilibrar a expansão e gestão da rede? Como construir processos e manuais e torná-los mais acessíveis e úteis para todos os funcionários, melhorando a gestão e a qualidade do atendimento? Como crescer e ainda melhorar os resultados financeiros da franqueadora e dos franqueados?

Essas e outras questões serão abordadas durante o curso, que acontece de 24 a 28 de março em São Paulo. Com a apresentação de cases. O curso também mostrará como esses assuntos são tratados na prática por franqueadoras de sucesso. Inscreva-se.

Conteúdo

– O que considerar antes de franquear um negócio

– Quais os aspectos legais devem ser observados na formatação da franquia e elaboração de contratos

– Como mapear e documentar os processos e usar os manuais para transferir o conhecimento da franqueadora para toda rede

– Como gerir as franquias e que tipo de suporte oferecer aos franqueados para que eles obtenham bons resultados

– Como planejar e executar a captação de franqueados e expansão da rede

– Apresentação de cases e visita técnica a uma franqueadora de sucesso

Palestrantes

– Sócios e consultores do Grupo Cherto, além de especialistas em legislação e contratos de franquias.

Data e local

– 24 a 28/03/2014 – São Paulo – SP

Inscrições

– Ligue para (11) 3549-9910 ou mande um e-mail para atendimento@cherto.com.br

AlphaGraphics é eleita a melhor fornecedora da Indústria da Comunicação de 2013

A rede AlphaGraphics conquistou o prêmio “Melhores Fornecedores da Indústria da Comunicação – 2013”, organizado pela Revista Negócios da Comunicação, que reconhece a qualidade de serviços e produtos que as empresas oferecem ao mercado da comunicação. A empresa foi premiada em três categorias: “Melhores gráficas digitais para Revistas”, “Melhores gráficas digitais para Livros” e “Melhores gráficas digitais para Materiais Promocionais”.

 A votação foi realizada pela Revista Negócios da Comunicação entre os meses de outubro e novembro de 2013 e contou com a participação de 17 mil executivos que atuam em empresas de comunicação. “Estamos muito honrados em receber este prêmio, que reflete a confiança do mercado em nossos serviços de impressão digital e comunicações personalizadas”, afirma Rodrigo Abreu, sócio-presidente da AlphaGraphics.

Comemorando 44 anos em 2014, a rede AlphaGraphics oferece uma grande variedade de soluções para design, impressão em grandes formatos, offset, comunicação de marketing, produtos promocionais, arquivos digitais e serviço de envio para empresas de todos os portes.

 Hoje, as franquias da AlphaGraphics estão nos Estados Unidos, Brasil, China, Hong Kong, México, Arábia Saudita e Grã-Bretanha. No Brasil, há 24 anos e em plena expansão, a rede nacional conta com unidades que atuam com a missão de trabalhar com pessoas para planejar, produzir e gerenciar suas comunicações visuais, ajudando os clientes a atingir seus objetivos de forma mais eficaz e com confiança.

:::Saiba mais sobre a franquia Alphagraphics:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Veja a lista completa de franquias:::

:::Assista vídeos sobre franchising:::

Varejo precisa dar atendimento atencioso como de antigamente

Por Filomena Garcia*

Todo ano, no mês de janeiro, acontece em Nova York (EUA) o maior e mais importante evento do varejo mundial, que reúne milhares de empresários de diversos países.

O objetivo principal do encontro é entender para onde caminha o varejo, discutir as melhores práticas de gestão e as inovações do setor– tanto de modelos de negócios quanto de arquitetura das lojas e tecnologia.

Neste ano, participei do evento e pude constatar que diversos palestrantes apontaram um caminho em comum: é preciso resgatar valores antigos, como atendimento atencioso e personalizado, e usar a tecnologia em favor disso.

Em outras palavras, é preciso voltar ao passado, mas com cara do futuro.Isso quer dizer que o consumidor quer ter uma experiência de compra surpreendente, usando novas tecnologias para conhecer o produto e ajudar a testá-lo e escolhê-lo.

Mas o cliente também quer receber um atendimento único, personalizado. Quer ser chamado pelo nome e ter suas necessidades atendidas, se sentido tão à vontade na loja quanto se estivesse em casa.

Ou seja, é uma retomada dos valores que estão presentes no varejo desde seu início. São aspectos do convívio humano que serão perenes mesmo depois de séculos.

Para conseguir oferecer um atendimento personalizado, de qualidade, que inove e surpreenda o cliente, o empreendedor deve considerar alguns pontos na hora de pensar no seu modelo de negócio e na sua loja:

. o cliente precisa receber o mesmo atendimento em todos os seus canais de vendas;

. as redes sociais devem trazer informação contínua sobre as novidades, promoções, lançamentos e tudo o que a marca se propõe a fazer;

. a arquitetura da sua loja tem que ser simples, confortável e trazer aspectos inovadores, que o diferencie da concorrência e estabeleça claramente o seu posicionamento;

. um atendimento deve ser personalizado e até customizado, com oferta de produtos únicos para cada cliente.

Fazer tudo isso não é tarefa fácil. Mas o importante é perceber a necessidade de reinventar o varejo sempre, de repensar o seu negócio para que ele possa acompanhar as novas tecnologias.

Mas sem esquecer do mais importante, que é construir um relacionamento humano e verdadeiro. Voltar para os valores mais básicos será uma das chaves para estabelecer um vínculo poderoso entre a sua marca e o seu cliente.

*Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios , varejo e Franchising. É co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios” e “Marketing para Franquias”   

Saiba quais são as principais tendências do Varejo para 2014

Em janeiro, aconteceu em Nova York a 103º Convenção Anual da Federação Nacional e Varejo dos EUA, o maior evento de varejo do mundo. Sócios da Franchise Store participaram do encontro e listaram algumas das principais tendências identificadas durante as palestras. Confira a seguir:

1. Varejo é o teatro da marca, é entretenimento

– A indústria percebe que precisa utilizar o varejo para conseguir manter suas marcas relevantes. Ter loja física é uma forma de atrair atenção e apoiar os demais canais de vendas. Ex: Asics, Nike, Samsung, Warby Parker, Barilla.
– O varejo tem que deixar de focar na compra para se tornar um entretenimento. Como a loja virtual oferece bom preço e conveniência, ir à loja física precisa ser mais divertido.
– O shopping center também precisa ser, cada vez mais, um espaço de entretenimento, onde as pessoas fiquem mais tempo e comprem muito mais. Em geral, as pessoas não vão lá para fazer compras – elas vão se divertir, mas acabam comprando.
– A audiência da marca ganha relevância. E audiência não é só o volume de vendas – conta o tempo que as pessoas interagem no seu ponto de venda. Depois de conquistar a atenção do consumidor, é possível criar uma forma de monetizar essa audiência.
– Cresce a importância da conexão das marcas com o consumidor. Ligação emocional é o que gera negócios. Chilli Beans e Puket são cases brasileiros que mostram como isso é importante.

2. Informação é essencial para tomada de decisão

– A informação está disponível. O desafio é conseguir cruzar os dados e dar utilidade à informação. É preciso brincar com os dados, olhá-los de posições diferentes para chegar a novas conclusões.
– O varejo está mais técnico. As decisões agora são pautadas na análise de números e há menos espaço para o “feeling”. A criatividade é direcionada para criar soluções e atender necessidades dos consumidores.
– Os princípios básicos não mudaram muito nas últimas décadas. A novidade é que a informação permite entender melhor o que acontece e aprender mais.
– O fabricante precisa entender o comportamento do consumidor – e a informação vinda do varejo tem muito valor, principalmente no varejo de commodities. A indústria paga para conhecer e paga para ajustar as lojas ao comportamento do cliente.

3. Ter diversos canais de vendas exige consistência
– Quem opta por ser Omni-Channel precisa ser consistente em todos os canais. Isso implica em ter uma estrutura de backoffice muito preparada, algo que pode ser difícil de estruturar (sistemas, logística, treinamento, etc.) Há impactos profundos na operação, já que nesse modelo as lojas se tornam centros de distribuição e pontos de atendimento.
– Por tudo isso, a conclusão é que nem todo mundo precisa ser Omni-Channel, já que nem sempre é possível garantir uma experiência integrada entre todos os canais.
– Há um movimento de negócios virtuais irem para lojas físicas. Warby Parker e My Muesli são bons cases. Vendendo óculos de US$ 95, a Warby Parker é a segunda empresa com maior venda por metro quadrado do mundo, atrás apenas da Apple e à frente da Tiffany’s.

4. Personalização é palavra-chave na precificação

– Personalizar o produto é uma forma de se manter relevante. É verdade para o produto, mas também para o preço, a promoção e a propaganda.
– É preciso entender o cliente e gerar promoções ajustadas ao consumidor. Dar desconto indiscriminado é dar tiro de canhão para matar mosquito. Hoje, o recurso gasto em promoção nos EUA é três vezes maior que o gasto em propaganda.
– O produto ou serviço tem que ser low cost ou diferenciado. Ficar no meio do caminho é a morte. O low cost serve para quem não vê tanto valor naquele produto ou serviço e busca preço. Já o diferenciado, atende quem paga mais porque enxerga valor naquilo.
– Margens de lucro altas criam um atrito no mercado e desestimulam a compra. “High margins atract competition, low margins atract consumers”.
– Bundling: fugir da venda de produtos 1 a 1 é forma de diferenciação e reduz a capacidade de comparação de preços. Pode ajudar a aproximar a marca do consumidor.

Ortodontic Center inicia expansão para o Nordeste e quer abrir 15 unidades na região

A rede de franquias odontológicas Ortodontic Center deu início ao plano de expansão arrojado para os próximos anos. Uma das potenciais regiões, que passará a contar com novas unidades, será o Nordeste. Hoje a rede conta com duas unidades inauguradas na região e a previsão é que sejam implantadas 15 clínicas na região nordestina, até 2018.

A Bahia foi um dos estados escolhidos para receber as novas franquias da Ortodontic Center. A primeira delas foi implantada em dezembro de 2013, na cidade de Santo Antônio de Jesus, a aproximadamente 150 km de Salvador. A perspectiva de novas unidades na Bahia é considerada estratégica para a expansão da rede na região.

Segundo Fernando Massi, sócio fundador da Ortodontic Center, a rede acredita no potencial do estado baiano. “A Bahia tem um espaço para ser explorado, consequentemente o crescimento das franquias é certo. Esta é uma ótima oportunidade para quem deseja ter seu negócio próprio”, completa.       

Um estudo realizado pela ABF (Associação Brasileira de Franchising) aponta que a Bahia é uma das regiões do Nordeste que mais cresce em número de franquias, com participação de R$ 344 bilhões em faturamento, o que representa 4% no setor.

Os que desejam abrir uma clínica da Ortodontic Center possuem duas opções de negócios. Para municípios com menos de 30 mil habitantes, o interessado precisa converter um consultório já existente. Já em cidades com número superior de habitantes, é possível iniciar novas clínicas ou convertê-las, de acordo com cada caso. Os investidores passam a ter, além da visibilidade da marca, todo o suporte de gestão e de marketing da rede.

A Ortodontic Center foi fundada em 2002, por quatro colegas formados em odontologia pela Universidade Estadual de Londrina (Fernando Massi, Ana Lucia Massi, Claudia Consalter e Edmilson Antônio) após decidirem se unir e criar uma clínica norteada totalmente por conceitos empresariais: a Ortodontic Center.

 A marca é uma rede de clínicas odontológicas que opera por meio do sistema de franquias, com unidades próprias e aportes de investidores. O foco principal é o empreendedorismo e a gestão, ou seja, tornar a odontologia uma atividade de alto retorno financeiro aliando excelência técnica, qualidade material, estrutura interna e o bom relacionamento com os clientes. Atualmente a rede possui 82 unidades espalhadas em todo o território brasileiro.

:::Saiba mais sobre a franquia Ortodontic Center:::

:::Baixe grátis um livro com dicas práticas para abrir uma franquia:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Rede de clínicas odontológicas Sorridents inaugura a primeira unidade em 2014

O plano de expansão da Sorridents, maior rede de clínicas odontológicas da América Latina, segue com a abertura de unidade no Guarujá, a sexta instalada no litoral paulista. A nova clínica é também a primeira aberta em 2014. A franquia é dirigida pelas sócias Vanessa Cabrini Morgato e Suy Graniero, que trazem para a região um atendimento moderno e de qualidade à população local.

Com o objetivo de oferecer tratamentos odontológicos em todas as especialidades, a franqueada Vanessa Cabrine Morgato, explica que a Sorridents a conquistou principalmente devido à imagem da marca no mercado. “O enorme know-how da rede na prestação de serviços odontológicos e aliado à qualidade e atendimento personalizado foram decisivos para o nosso investimento”, explica Vanessa.

A meta das franqueadas é atingir 200 pacientes nos três primeiros meses, já que a cidade é carente de serviços odontológicos de qualidade acessíveis. “As expectativas são as melhores possíveis devido ao grande potencial demonstrado pelo comércio local e a crescente preocupação e conscientização da importância da saúde bucal”, diz Vanessa Cabrine Morgato.

Com a abertura da clínica de Guarujá a rede chega a ao total de 154 clínicas em funcionamento. Com o ideal de se tornar referência nacional em Odontologia, a Sorridents aposta em franqueados que estejam dispostos a compartilhar esta ideia. “Nascemos como uma clínica para Classe C, que oferece qualidade odontológica em regiões onde o acesso é menor. Assim com a ascensão econômica destas 40 milhões de pessoas, acreditamos que a Sorridents se consolida como a clínica da família”, ressalta Cleber Soares, vice-presidente da rede.

Para alcançar o objetivo de expansão de 20% ao ano e atingir o número de 350 clínicas no país até 2018, a Sorridents investe em um modelo de crescimento sustentável, escolhendo franqueados com a mesma filosofia para sustentar uma expansão em espiral, onde a primeira unidade serve de referência para que outros empreendedores possam conhecer o trabalho da empresa.

“Traçamos em 2010 uma meta de crescimento em espiral, que visa abrir clínicas em regiões onde já somos conhecidos, buscando reforçar a credibilidade que alçamos nestes 18 anos de atuação no mercado. Isso significa que sempre que alguém pensar em uma clínica da família, irá lembrar da Sorridents”, conclui Soares.

:::Saiba mais sobre a franquia Sorridents:::

:::Baixe grátis um livro com dicas práticas para abrir uma franquia:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Tip Top mira regiões Norte e Sul do País e quer abrir 20 unidades no ano

Em 2013, a tip Top abriu 20 franquias e ainda inaugurou sua primeira Mega Store com mais de mais de quatro mil itens. “No ano passado tivemos uma força para o crescimento vindo da própria rede já constituída, ou seja, depois de cinco anos atuando com franquia, temos franqueados com operações bastante sólidas e com crescimento constante, o que propicia para que pensem em crescer ainda mais com suas operações e consequentemente participar ativamente do plano de expansão”, explica Ricardo Marcondes, gerente de expansão da marca.

Sendo assim, a TIP TOP encerra 2013 com 86 lojas que juntas representam um faturamento de R$ 70milhões para a rede. A marca já tem bem definidos os passos que querem dar em 2014 – a abertura de 20 novas unidades é um deles.

A TIP TOP já está presente em todos os estados do Nordeste e para o próximo ano, quando pretende alcançar a marca das 100 unidades, o foco serão as regiões Norte e Sul do País. Outro foco será na expansão da Mega Store da Tip Top.

:::Saiba mais sobre a franquia Tip Top::: 

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Casa do Construtor quer abrir 50 unidades em 2014

A Casa do Construtor, rede de franquias para locação de equipamentos direcionados à Construção Civil, com 20 anos de atuação no mercado, dá continuidade ao seu plano de expansão pelo país e inaugura no início de 2014 mais 10 lojas. As primeiras unidades do ano serão em cidades das regiões Nordeste, Sul e Sudeste do país: Olinda (PE), Maracanaú (CE), Novo Hamburgo (RS), Jaraguá do Sul (SC), Cambé (PR), Poá (SP), Capivari (SP), Cidade Dutra (SP), Avaré (SP) e Taboão da Serra (SP). A meta da Rede é conquistar a marca de 252 lojas até o final de 2014, encerrando o ano com faturamento de R$180 milhões.

 A rede possui hoje 200 unidades. O plano de expansão é agressivo, tem o objetivo de atingir mil unidades até 2020. “Para 2014, a previsão é que tenhamos 50 lojas novas. Para este início do ano, 10 inaugurações já estão confirmadas. As regiões Nordeste, Sul e Sudeste são estratégicas para o crescimento da companhia e geração de novos negócios no setor da Construção Civil”, afirma Altino Cristofoletti Junior, sócio-fundador da Casa do Construtor.

 No final de 2013, a rede ainda inaugurou unidades nas cidades de Cajamar (SP), Campos de Goytacazes (RJ), Araxá (MG) e Praça da Taquara, no Rio de Janeiro (RJ).

Criada em 1993 por Altino Cristofoletti Junior e Expedito Eloel Arena, a Casa do Construtor completa 20 anos de mercado. A rede de franquias para locação de equipamentos direcionados à Construção Civil teve início como uma simples loja de materiais de construção, em Rio Claro, interior de São Paulo, e hoje possui 200 unidades localizadas por todo o Brasil.

Nelas, construtoras, empresas, condomínios e pessoas comuns que estejam executando uma obra ou reforma podem locar equipamentos de pequeno e médio porte, como ferramentas elétricas, rompedores, compactadores, betoneiras e andaimes, além de equipamentos para limpeza e jardinagem.

A Rede recebeu inúmeros prêmios nos últimos anos, inclusive como a “Melhor Franquia do Brasil”, em 2012, pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). No mesmo ano, na categoria “serviços gerais”, ganhou como a “Melhor Franquia do Brasil”, pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. A Casa do Construtor encerra 2013 com faturamento de R$ 137,5 milhões e a previsão para 2014 é de R$ 180 milhões. O objetivo da Rede é atingir a marca de 1.000 unidades até 2020.

Mania de Churrasco Prime Steak House inaugura 10ª unidade da rede

A rede Mania de Churrasco Prime Steak House, que iniciou a expansão com franquias no ano passado, inicia 2014 com mais uma unidade em funcionamento. O novo restaurante, inaugurado no fim de dezembro, fica no shopping Anália Franco, em São Paulo. Com a nova loja, a rede chega a 10 unidades e marca presença nos principais shoppings da capital paulista.

Atualmente, a empresa tem uma unidade em Londrina (PR), duas em Santos (SP), uma em São Caetano (SP) e seis em São Paulo. Na capital paulista, os restaurantes ficam nos shoppings Vila Olímpia, Morumbi, Ibirapuera, Center 3, Frei Caneca e, agora, Anália Franco. As lojas Mania de Churrasco Prime Steak House tem obtido enorme aceitação do público. Com filas no caixa e clientes elogiando a qualidade dos produtos.

A marca tem restaurantes compactos, com área mínima de 35 metros quadrados, que vendem pratos que combinam um corte de carne nobre com até três acompanhamentos.  Os sócios da Mania de Churrasco Prime Steak House se preocuparam em criar uma loja bastante enxuta, com poucos equipamentos e uma cozinha de fácil operação – um modelo de negócio que tem atraído a atenção de muitos investidores interessados em abrir uma franquia. O investimento inicial é de R$ 400 mil e a previsão de faturamento médio mensal fica em R$ 120 mil.

“O principal diferencial do negócio, que ajudou a impulsionar nossa expansão, é a qualidade de nossos produtos”, afirma Alessandro Pereira, sócio da rede. “Oferecemos apenas cortes de carnes nobres, como Angus, e trabalhamos só com os fornecedores que atendem as melhores churrascarias do Brasil, como o VPJ, que fornece para a rede Fogo de Chão.”

:::Saiba mais sobre a franquia Mania de Churrasco Prime Steak House:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

QG Jeitinho Caseiro cresce e impulsiona desenvolvimento de fornecedores locais

O QG Jeitinho Caseiro, rede de restaurantes que atua no segmento food service, é um exemplo de empresa que cresce e impulsiona também o desenvolvimento de fornecedores locais, na região metropolitana de Goiânia – onde está instalada a sua unidade de produção. Em função de critérios que instituiu como qualidade de matéria-prima, embalagem e transporte adequados dos alimentos, o QG Jeitinho Caseiro tem incentivado indiretamente as empresas das quais adquire os itens de preparo dos alimentos a fazerem investimentos em melhorias técnicas e comportamentais.

Com disposição para se transformar, fornecedores regionais demonstram também seriedade para cumprir requisitos legais e vontade de crescer junto com os grandes estabelecimentos.  A Piatti Alimentos, fundada há três anos em Goiânia (GO), é exemplo de empresa que aprimorou os processos de fornecimento de produtos para ampliar as possibilidades de negócios. A empresa de pequeno porte conta com 12 funcionários e possui 45 clientes, entre lanchonetes e restaurantes. Há aproximadamente dois anos, a Piatti fornece mensalmente para a rede 1.500 quilos de filé de frango e 900 quilos de bacon.

Para se tornar fornecedor do QG, o empresário Eduardo Akira Sado, proprietário da Piatti, investiu R$ 12 mil na compra de um equipamento específico para embalar os produtos a vácuo. O procedimento oferece melhores condições de conservação e manutenção da qualidade do produto, já que esse tipo de embalagem restringe a permanência de oxigênio, o que consequentemente reduz as chances de proliferação de microorganismos.

“Sempre quis ter em minha carteira um cliente como o QG, que representa uma vitrine para o meu negócio e ajuda a atrair outras grandes empresas. Por isso, valeu a pena adquirir a embaladora a vácuo para atender às necessidades da rede. Pretendo mudar minhas instalações para outra ainda maior em 2014 para aumentar minha capacidade de atendimento tanto para o QG quanto para outros clientes que surgirem”, disse Eduardo Sado.

15 franquias que vêm da indústria e custam a partir de R$ 150 mil

Nos últimos anos, muitas indústrias decidiram adotar o sistema de franchising para se aproximar do consumidor e reforçar a identidade de sua marca. “Essas empresas buscam oferecer uma experiência de consumo mais completa aos seus clientes e encontram no modelo de franquias uma ótima maneira de fazer isso”, diz o consultor de varejo Marcelo Cherto, presidente do Grupo Cherto.

Para quem pretende abrir uma franquia, essa tendência pode ser uma boa oportunidade de se associar a uma marca forte. “Representar uma marca conhecida e aprovada pelo consumidor, vender produtos de qualidade e ter o suporte de uma indústria forte são as principais vantagens de investir numa franquia que vem da indústria”, afirma Cherto.

“A única desvantagem para o franqueado pode ser a competição com outros canais de venda que comercializam o mesmo produto.” Para evitar problemas, Cherto recomenda atenção aos contratos e indica conhecer melhor o histórico da empresa. “Antes de investir em qualquer tipo de franquia, convém saber mais sobre as pessoas que estão à frente do negócio.”

Confira abaixo 15 franquias de indústrias de diversos segmentos e o investimento necessário para abertura de uma loja franqueada da marca:

DERMAGE – R$ 150.000,00

O que vende: dermocosméticos

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/dermage

MAYBELLINE NEW YORK – R$ 160.000,00

O que vende: maquiagem fabricada pela L’Oréal

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/maybelline

MMARTAN – R$ 175.000,00

O que vende: produtos de cama, mesa e banho

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/mmartan

NEW – R$ 200.000,00

O que vende: móveis planejados fabricados pelo Grupo Unicasa

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/new

CASA BRASILEIRA – R$ 250.000,00

O que vende: móveis planejados fabricados pelo Grupo Unicasa

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/casa-brasileira

O BOTICÁRIO – R$250.000,00

O que vende: cosméticos

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/o-boticario

HAVAIANAS – R$ 290.000,00

O que vende: sandálias de borracha fabricadas pela Alpargatas

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/havaianas

MAHOGANY – R$300.000,00

O que vende: cosméticos

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/mahogany

CONTÉM 1G – R$ 330.000,00

O que vende: maquiagem

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/contem-1g

HOPE LINGERIE – R$ 350.000,00

O que vende: lingerie

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/hope-lingerie

RAPHAELLA BOOZ – R$ 390.000,00

O que vende: calçados femininos

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/raphaella-booz

LILICA & TIGOR – R$ 400.000,00

O que vende: roupas infantis

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/lilica-a-tigor

ANNA PEGOVA – R$ 545.000,00

O que vende: cosméticos

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/anna-pegova

HERING STORE – R$700.000,00

O que vende: roupas masculinas e femininas

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/hering-store

DELL ANNO – R$ 800.000,00

O que vende: móveis planejados fabricados pelo Grupo Unicasa

Mais informações: http://www.franquia.com.br/franquia/dell-anno

:::Baixe grátis um livro com dicas práticas para abrir uma franquia:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::