Play Space adere ao sistema de Franchising e planeja abrir 120 unidades em 5 anos

A Play Space, empresa especializada em recreação infantil lúdica, acaba de ser formatada para crescer pelo sistema de franchising. O plano de expansão contempla a abertura de 120 pontos nos próximos cinco anos em regiões como São Paulo (capital e interior), Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Porto Alegre e Curitiba. Atualmente a rede possui três unidades próprias em São Paulo, localizadas nos shoppings Morumbi, Anália Franco e no ParkShopping São Caetano.

 Fundada em 1998, a rede foi a primeira no Brasil a oferecer o conceito de recreação lúdica para as crianças em shopping centers. Enquanto os pais fazem compras, os filhos podem se divertir em um mundo encantado.

 Por trabalharem um conceito diferenciado, as unidades não possuem games eletrônicos. As crianças ficam sob a supervisão de recreadores que promovem atividades individuais ou em grupo e resgatam as tradicionais brincadeiras de rua como, batata-quente, barra-manteiga e dança da cadeira.

 Coloridos e mágicos, os espaços são compostos de estações que oferecem shows de mágica, teatro de fantoches, camarim com cabeleireiro e fantasias, chá de bonecas, desfile, ateliê de artes, piscina de bolinhas, além de lanchonete para os pequenos se deliciarem.

De acordo com a sócia-fundadora, Maria Eduarda Pessôa de Queiroz, é preciso resgatar a magia das brincadeiras tradicionais. “A ideia do negócio nasceu de uma viagem que fiz com a minha filha. Queria oferecer algo inovador, mas que pudesse ser um momento especial tanto para os pequenos quanto para os pais”, conta.

Cada unidade é composta de quinze funcionários, entre gerentes, recepcionistas e recreadores, que passam por treinamento diário. “Fazer bem feito um dia é fácil, difícil é fazer bem feito todos os dias. A equipe fica fantasiada o tempo todo, isso cria uma atmosfera ainda mais mágica, além de ajudar a desinibir algumas pessoas, que acabam incorporando o personagem”, explica Maria Eduarda.

Para quem deseja ingressar no mundo do franchising, a Play Space oferece oportunidades de investimento a partir de R$ 300 mil, com previsão de retorno em até 18 meses. O faturamento médio por unidade é de R$ 50 mil. Diferente de outras redes, a marca é muito mais do que conveniência, uma vez que oferece atividades diversas e interatividade com as crianças.

As unidades atendem crianças de um a dez anos e o período é cobrado a cada trinta minutos (R$ 24). Além da recreação, as unidades também oferecem festas de aniversário para até 45 convidados que inclui todas as atividades, além da alimentação. De acordo com Maria Eduarda, as festas de aniversário começaram a pedido dos pais e hoje representam um adicional de 20% a 30% no faturamento. “Atualmente realizamos 15 festas por mês e o nosso objetivo é chegar a uma comemoração por dia”, diz.

:::Saiba mais sobre a franquia Play Space:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Di Santinni inaugura mais uma loja em Cabo Frio

Cabo Frio recebe, em novembro, mais uma franquia Di Santinni. Além da linha própria e das principais marcas de calçados comercializadas pela rede, os consumidores poderão desfrutar de um atendimento especializado na mais nova loja da rede. 

A loja, que estará localizada no Shopping Park Lagos, além de ser uma nova opção para compra de sapatos e acessórios, significará, para os consumidores, a oportunidade de aliar qualidade ao bom custo. Os calçados e acessórios Di Santinni acompanham as tendências do mercado e são focados nas classes B e C. 

Entre as principais atividades econômicas de Cabo Frio, destacam-se o turismo, a pesca, e a extração de petróleo. Outro ponto forte é o comércio local, muito alavancado pelo turismo. Com aproximadamente 186.227 mil habitantes, a cidade é um dos principais centros socioeconômicos do estado do Rio de Janeiro. 

No índice de potencial de consumo de calçados dos 500 maiores municípios brasileiros, Cabo Frio aparece no ranking nacional em 146° lugar. Já em relação à posição estadual, o município fica em 17° lugar. A confirmação de seu potencial de consumo e crescimento foi o foco do plano de expansão das franquias Di Santinni. 

A estratégia do Grupo, um dos maiores varejistas de calçados do país, visando a expansão na cidade de Cabo Frio, é potenciar sua presença na região que já possui loja e assim tornar a marca uma referência nacional na venda de sapatos.

Com 33 anos de experiência, 125 lojas distribuídas em 12 estados brasileiros (Rio de Janeiro, Bahia, Alagoas, Pará, Amazonas, Rondônia, Ceará, Minas Gerais, Espírito Santo, Pernambuco, Maranhão e São Paulo), o Grupo Di Santinni tem hoje 4.500 mil colaboradores em mais de 35.000 m² de área em lojas e 250 funcionários nos escritórios administrativos em São Paulo.

:::Saiba mais sobre a franquia Di Santinni:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Seletti expande negócios na Grande São Paulo e chega a Guarulhos

Em crescente expansão e fortalecimento da marca no Brasil, a rede de franquias Seletti Culinária Saudável, há seis anos no mercado, chega à região de Guarulhos e inaugura a primeira operação com a bandeira da marca no Internacional Shopping Guarulhos. A previsão é de que a abertura aconteça na primeira quinzena do mês de novembro deste ano.

A unidade franqueada do Seletti no Internacional Shopping será comandada pelo empresário Marcos Rodrigues Bio Junior. O plano de crescimento contempla, ainda este ano, a abertura da segunda operação no Shopping Pq. Maia, também em Guarulhos.

Atualmente com 31 restaurantes em atividade nos shoppings dos principais Estados do Brasil, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Distrito Federal, o Seletti está em ritmo acelerado de expansão.

Com faturamento de R$ 25 milhões, o Seletti encerrou 2012 com crescimento de 30% quando comparado com o ano anterior. Para 2013 as expectativas de Luis Felipe Campos, idealizador da rede, são ainda mais otimistas. Dentro do plano de crescimento, que prevê chegar a 150 unidades em todo o Brasil até o ano de 2017.

O diretor da rede anuncia que finalizará 2013 com 15 novos contratos assinados, incluindo praças como Fortaleza (CE) e Teresina (PI). “A projeção é encerrar este ano com 45 lojas, entre abertas e contratadas”. A previsão de faturamento para este ano é um crescimento de 50% frente a 2012, atingindo a margem de R$ 37,5 milhões, aproximadamente.

:::Saiba mais sobre a franquia Seletti:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Loja conceito da It Beach será modelo para franqueados de todo o Brasil

A rede de franquias It Beach, de calçados, bolsas e acessórios, vai inaugurar sua loja conceito em São Paulo no dia 13 de novembro.

A unidade, 37ª da rede, que está instalada na Alameda Lorena, 1630, nos Jardins, bairro badalado de São Paulo, servirá de modelo para franqueados de todo o Brasil.

A It Beach, que participou recentemente da MICAM 2013, uma das maiores feiras de calçados do mundo em Milão, na Itália, está internacionalizando a marca e de olho no aumento das exportações, que já são feitas para mais de 20 países.

A empresa, que conta com 36 lojas espalhadas pelo Brasil e que cresce cerca de 20% ao ano em vendas, espera fechar 2013 com 40 unidades inauguradas.

Para o próximo ano a expectativa é expandir para 50 lojas, entre elas a primeira franquia no exterior. A rede espera abrir a loja no primeiro semestre de 2014, mas ainda está analisando o ponto comercial e está entre três dos mais lindos destinos turísticos da Itália: Veneza, no norte do país, Roma, na região central e a ilha de Capri, ao sul.

A empresa, fundada em 2002, é uma rede de franquias de calçados, bolsas e acessórios exclusivos com conceito Resort. Possui 36 lojas espalhadas pelo Brasil, principalmente em aeroportos e shopping centers.

É a primeira rede especializada em calçados injetados, bolsas e acessórios com tecnologia patenteada. Suas sandálias foram desenvolvidas com amortecimento de impacto através de pinos colocados sob a palmilha, que estimulam e ativam o fluxo de energia vital durante o caminhar.

:::Sabia mais sobre a franquia It Beach::: 

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

On Byte lança microfranquia de cursos profissionalizantes com investimento de R$ 20 mil

A On Byte acaba de lançar novo modelo de negócio no mercado: a microfranquia de cursos profissionalizantes, a Onbyte Compact.A rede oferece agora o diferencial de uma franquia voltada para empreendedores individuais de pequenas cidades, com até 29 mil habitantes, mas com todo o suporte de franquia de modelo tradicional.

As vantagens de se ter uma Onbyte Compact começam no investimento. Com um custo inicial de apenas R$ 20 mil é possível obter a franquia, que pode ser instalada em um local de apenas 30m², ou na própria residência.

“A verdadeira microfranquia permite ao empreendedor desenvolver um grande negócio com toda estrutura e suporte necessários para o seu crescimento, com baixo investimento e reduzido custo operacional. Funciona como qualquer franquia, porém, é de fácil operacionalização e gestão, podendo ser administrada pelo próprio investidor”, afirma Daniel Bichiatto, diretor presidente da marca.

A Onbyte Compact pratica, ainda, o modelo “chave na mão”, onde todos os equipamentos e mobília são enviados ao franqueado permitindo o início das atividades em até 90 dias. O retorno esperado é entre 12 e 14 meses.

A grade possui cerca de 70 cursos em diversas áreas de atuação, com aulas 100% práticas e com formatação que permite turmas reduzidas, um aluno por micro e flexibilidade de horários já que os alunos podem escolher o melhor dia e horário para vir à escola. O material didático é diferenciado, com apostilas passo a passo com exemplos reais do mercado de trabalho.

Outro diferencial da microfranquia é que possibilita ao franqueado agregar o curso de inglês ao negócio, nos módulos básico, intermediário e avançado. Para os alunos, os cursos delivery agregam agilidade e comodidade ao aprendizado com a possibilidade de aulas no domicílio ou local de trabalho, de acordo com sua necessidade.

:::Saiba mais sobre a franquia On Byte Compact:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Mania de Churrasco Prime Steak House inaugura unidades em importantes shoppings de São Paulo

Quem passeia por alguns dos principais shoppings da capital paulista já deve ter reparado em uma novidade nas praças de alimentação. A rede Mania de Churrasco Prime Steak House, que neste ano iniciou a expansão pelo sistema de franquias, começa a marcar presença em alguns dos principais centros comerciais da cidade.

A empresa chegou à marca de 10 unidades – uma em Londrina (PR), duas em Santos (SP), uma em São Caetano (SP) e seis em São Paulo. Na capital paulista, os restaurantes dos shoppings Vila Olímpia, Morumbi e Ibirapuera já estão em funcionamento. As unidades dos shoppings Anália Franco, Center 3 e Frei Caneca serão inauguradas em breve.

“O principal diferencial do negócio, que ajudou a impulsionar nossa expansão, é a qualidade de nossos produtos”, afirma Alessandro Pereira, sócio da rede. “Oferecemos apenas cortes de carnes nobres, como Angus, e trabalhamos só com os fornecedores que atendem as melhores churrascarias do Brasil, como o VPJ, que fornece para a rede Fogo de Chão.”

A marca tem restaurantes compactos, com área mínima de 35 metros quadrados, que vendem pratos que combinam um corte de carne nobre com até três acompanhamentos.  Os sócios da Mania de Churrasco Prime Steak House se preocuparam em criar uma loja bastante enxuta, com poucos equipamentos e uma cozinha de fácil operação – um modelo de negócio que tem atraído a atenção de muitos investidores interessados em abrir uma franquia. O investimento inicial é de R$ 400 mil e a previsão de faturamento médio mensal fica em R$ 120 mil.

:::Saiba mais sobre a franquia Mania de Churrasco Prime Steak House:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

31% das franquias abertas no País estão fora das capitais

Acompanhando o crescimento da economia nacional e o aumento no poder de compra da população, os negócios em formato de franquia estão se expandindo pelo país, com forte atuação no interior. Atualmente, 31% dos negócios abertos no segmento de franquia no Brasil estão fora das capitais.

São 150 milhões de brasileiros vivendo no interior, responsáveis por 64,8% do total do mercado nacional. Além de muitos e com poder de compra cada vez maior, esse público consumidor responde aos investimentos governamentais no interior demandando produtos e serviços – de preferência, com a qualidade e padronização de uma franquia.

Para o presidente da Park Idiomas, franqueadora de Uberlândia-MG, a cidade está em posição de igualdade competitiva com as principais capitais do Brasil. “Administramos em Uberlândia uma rede que está presente em todo o país”, declara Pacheco. Ele ainda reforça que, além da presença da franqueadora, Uberlândia conta com duas franquias da marca. “Estamos inaugurando nossa terceira unidade na cidade, e ainda vemos potencial para mais”, finaliza.

Cidade de médio porte que desponta no interior mineiro, Uberlândia é atualmente a segunda cidade do Estado em número de unidades em operação, que somam 300 ou 7% do total de franquias do estado. A cidade também é a segunda em número de empresas franqueadoras.

Além da presença de importante público consumidor e custos de operação menores que os das capitais, a expansão de franquias no interior também é impulsionada pela presença de shopping centers e centros comerciais, em geral.

Com fluxo de pessoas, segurança, conveniências e conforto para o consumidor, os shopping centers garantem ao investidor, ambiente ideal para que seus negócios prosperem. Por outro lado, as franquias têm sido responsáveis por cerca de 60% do faturamento dos shoppings, mesmo ocupando apenas 37% da área total, em média.

Para o idealizador do shopping Via Centro, Hélio Martins Filho, um shopping é um local ideal para instalar uma franquia, uma vez que este oferece a estrutura necessária. “Proporcionamos ao empreendedor os elementos que ele precisa para ter sucesso em sua atividade, como atração de público e espaço adequado com conforto e segurança”, declara Martins.

Com 13 pontos de alimentação, o Via Centro Shopping está em fase de comercialização e deve ser inaugurado no início de 2014 em Uberlândia. O shopping está sendo construído em um terreno de 8.898,01 m² próximo ao Terminal Central, por onde circulam milhares de pessoas diariamente. 

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Overend segue em expansão e inaugura unidade em Ribeirão Preto

A Overend, rede de franquias de moda masculina e feminina, acaba de inaugurar mais uma unidade. A nova loja está localizada no principal centro de compras da cidade de Ribeirão Preto (SP): o shopping Iguatemi.   

A marca carioca, que atua há 20 anos no mercado de moda, está em forte expansão pelo sistema de franquias. O investimento mínimo em uma unidade é de R$ 250 mil e o prazo médio de retorno é de 36 meses.

A empresa sempre foi conhecida por seu estilo casual e descontraído. E recentemente foi considerada Marca Registrada do Rio de Janeiro, recebendo o direito de acrescentar o ícone RJ no logotipo.

O movimento “Marca RJ” é um projeto criado pelo Governo do Estado com o objetivo de destacar algumas características do Rio como cultura, alegria, beleza, estilo e energia e engajar a sociedade para um novo momento que o Estado vivencia.

É importante destacar que a Overend é uma das poucas marcas de moda a conquistar esse direito, formando um seleto grupo com empresas como Farm, Antonio Bernardo, Constança Basto, Wollner, CT Boucherie, Lorenzo & Casa Carandaí.

:::Saiba mais sobre a franquia Overend:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Grupo Di Santinni usa diferentes canais de vendas para aumentar a presença da marca no mercado

Fundado em 1980, o Grupo Di Santinni vende calçados, bolsas e acessórios em diferentes canais de venda: lojas próprias e franqueadas, o site da marca e as lojas virtuais personalizadas batizadas de “Minha Loja Di Santinni”. O objetivo de adotar uma estratégia multicanal é aumentar a presença dos seus produtos no mercado – o que ajuda a tornar a marca ainda mais conhecida e também impulsiona o desempenho da rede de franqueados.

Os principais canais continuam sendo as lojas próprias e franqueadas.  Em todo Brasil, existem 125 unidades da marca Di Santinni, que vende calçados masculinos e femininos, além de artigos esportivos e acessórios. O foco da expansão do Grupo é abrir lojas em cidades onde ainda não há unidades e que tenham acima de 100.000 habitantes com potencial de consumo para o público C/B. A empresa também de poder avaliar cidades com potencial para ampliação de novas lojas. Com esse plano, o Grupo pretende aumentar sua presença no mercado e, assim, mais facilmente tornar a marca uma referência nacional na venda de sapatos. 

Além da expansão por franquias, o Grupo Santinni também investe no comércio eletrônico. No site www.disantinni.com.br, a empresa comercializa o portfólio da marca. Recentemente, o Grupo criou ainda o projeto “Minha Loja Di Santinni”, outra forma de comercialização da marca para que empreendedores abram lojas virtuais, sem custo, e por consequência aumenta a presença de mercado de seus produtos.  

“É uma tendência irreversível que as empresas, cada vez mais, adotem diversos canais de venda para comercializar seus produtos. Só assim elas poderão atender os consumidores em diferentes momentos de compra, com diferentes necessidades”, afirma Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store. “E quem não se tornar multicanal ficará para trás.”

“Acreditamos que ser uma empresa multicanal leva consequentemente o consumidor à loja física para poder ter contato com o produto e assim ‘poder calçá-lo’ e ter a sua própria experiência de compra”, afirma Priscilla Ortolani, gerente de franquias da Di Santinni.

:::Saiba mais sobre a franquia Di Santinni:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

88 franquias de educação e treinamento que custam a partir de R$ 15 mil

Dez entre dez brasileiros sabem que um dos principais desafios do País é melhorar a educação do seu povo e formar profissionais mais qualificados. Eventos como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 só aumentaram essa necessidade e intensificaram a procura por escolas de idiomas e cursos profissionalizantes. Nesse cenário, as franquias de educação e treinamento encontraram um terreno fértil para crescer. 

Para ajudá-lo a aproveitar as oportunidades do setor, a Franchise Store listou 88 franquias de educação e treinamento que custam de R$15 mil a R$560 mil. Clique nas franquias e tenha mais informação sobre seu modelo de negócio:

Investimento de até R$ 50 mil:

TUTORES – R$ 15.000,00

ENSINA MAIS – R$ 17.000,00

FáCIL APRENDER FRANCHISING – R$ 18.000,00

PET CURSOS FRANCHISING        R$ 18.300,00

ACOMPANHAR – R$ 21.000,00

EVOLUTE CURSOS PROFISSIONALIZANTES – R$ 25.000,00

POP IDIOMAS INTERATIVOS – R$ 25.000,00

C+ CAPACITA MAIS – R$ 27.000,00

MAIS CURSOS INTERATIVOS  – R$ 27.500,00

COLLEGE PERSONAL ENGLISH   R$ 30.000,00

KUMON – R$ 30.000,00

INSTITUTO BRASILEIRO DE LÍNGUAS      R$ 32.500,00

BRASILTREINA ENSINO PROFISSIONALIZANTE – R$ 35.000,00

GLOBAL SCHOOL INFORMATICA E IDIOMAS – R$ 35.000,00

ON BYTE – R$ 35.000,00

TRAINERTEK FORMAÇÃO PROFISSIONAL – R$ 35.000,00

MEGAWORKS – TREINAMENTO PROFISSIONAL E INFORMÁTICA – R$ 37.500,00

EASYCOMP PLUS – R$ 38.500,00

MACPOLI CURSOS PROFISSIONAIS – R$ 40.000,00

THE KIDS CLUB – INGLÊS SÓ P/ CRIANÇAS – R$ 40.000,00

SIGBOL FASHION – R$ 40.500,00

UPTIME COMUNICAçãO EM INGLêS – R$ 44.800,00

MICROWAY – R$ 45.000,00

QUALIFICA PROFISSÕES – R$ 45.000,00

SUPERA – GINÁSTICA PARA O CÉREBRO –  R$ 46.000,00

UNI CONCURSOS – R$ 47.500,00

ONYOU – R$ 49.200,00

ABC- AMERICAN BRAZILIAN CENTER – R$ 50.000,00

CONECTA CURSOS PROFISSIONALIZANTES – R$ 50.000,00

CRIAR – SISTEMA DE ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA – R$ 50.000,00

FISK CENTRO DE ENSINO – R$ 50.000,00

PREPARA CURSOS PROFISSIONALIZANTES – R$ 50.000,00

Investimento de R$ 51 mil a R$ 100 mil:

AGILIZA CURSOS – R$ 57.500,00

EXTREME IDIOMAS – R$ 57.500,00

CEBRAC – CENTRO BRASILEIRO DE CURSOS – R$ 60.000,00

CETELBRAS EDUCACIONAL – R$ 60.000,00

EVIDENTE – R$ 60.000,00

PROJETA CURSOS – R$ 60.000,00

ROCKFELLER LANGUAGE CENTER – R$ 60.000,00

THE BEST – R$ 60.000,00

PBF – INGLÊS E ESPANHOL – R$ 63.500,00

LUZIANA LANNA IDIOMAS – R$ 65.000,00

UNO ROBÓTICA – R$ 66.000,00

S.O.S EDUCAÇÃO PROFISSIONAL – R$ 67.000,00

ABRE – EDUCAÇÃO, ESTÁGIO E EMPREGO – R$ 70.000,00

EURODATA – R$ 80.000,00

UNS IDIOMAS – R$ 80.000,00

FASTRACKIDS – R$ 82.500,00

BIT COMPANY – R$ 84.100,00

PARK IDIOMAS – R$ 85.000,00

YÁZIGI – R$ 90.000,00

MICROLINS – R$ 91.000,00

ALL NET NUCLEO DE FORMAÇAO PROFISSIONAL – R$ 95.000,00

UNITED INSTITUTE – R$ 95.000,00

REMINGTON FRANQUIAS – R$ 100.000,00

SMART – CENTRO AVANÇADO DE ENSINO – R$ 100.000,00

ZOOM EDUCATION FOR LIFE – R$ 100.000,00

Investimento de R$ 101 mil a R$ 200 mil:

BSB MUSICAL – R$ 105.000,00

CURSO MAXX – R$ 105.000,00

INSTITUTO EMBELLEZE- R$ 110.000,00

KRIPTUM INFORMÁTICA – R$ 110.000,00

MICROCAMP – R$ 110.000,00

INFLUX ENGLISH SCHOOL – R$ 117.000,00

ESCOLA DE INGLES TEDDY BEAR – R$ 120.000,00

MINDS ENGLISH SCHOOL – R$ 120.000,00

YES – CURSO DE IDIOMAS  R$ 129.000,00

TECMED – R$ 130.000,00

I.E.P. CURSOS TÉCNICOS PROFISSIONAL DE NIVEL MÉDIO – R$ 135.000,00

MARCATO CURSOS JURÍDICOS – R$ 138.000,00

ESCOLA DE CABELEIREIROS JULIA – R$ 150.000,00

IGA – R$ 150.000,00

NUMBER ONE – R$ 150.000,00

PEOPLE FORMAÇÃO COMPLETA – R$ 150.000,00

MICROPRO – R$ 175.000,00

SEVEN ENGLISH – ESPAÑOL – R$ 175.000,00

INSPIRAR – R$ 200.000,00

Investimento de mais de R$ 200 mil:

COMPLEXO EDUCACIONAL DAMASIO DE JESUS – R$ 207.000,00

INSTITUTO DA CONSTRUÇÃO FORMAÇÃO PROFISSIONAL – R$ 230.000,00

CENTRO BRITÂNICO – R$ 225.000,00

CCAA – R$ 245.000,00

CONCRETTA ESCOLA DA CONSTRUÇÃO – R$ 250.000,00

MORANGOS – R$ 250.000,00

CULTURA INGLESA – R$ 350.000,00

ST GILES BRASIL – R$ 350.000,00

CNA – R$ 370.000,00

INSTITUTO L´ORÉAL PROFESSIONNEL – R$ 500.000,00

CENTRO EUROPEU – R$ 530.000,00

RED BALLOON – R$ 560.000,00

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Palestra gratuita para quem pensa em franquear o seu negócio

O seu negócio pode virar uma rede de franquias? Como as técnicas do franchising podem ajudar a sua empresa a crescer de forma estruturada? Essas e outras dúvidas sobre franquias serão respondidas numa palestra que o consultor Marcelo Cherto, presidente do Grupo Cherto, realizará em parceria com a revista Exame PME. O evento será dia 6 de novembro, às 9h, no Auditório da Editora Abril, na Avenida Nações Unidas, 7221, Pinheiros, São Paulo. A inscrição é gratuita e deve ser feita através do e-mail thatiana.miranda@cherto.com.br ou do telefone (11) 3549-9910. Basta informar nome, telefone, e-mail e RG. As vagas são limitadas. Mais informações abaixo:

Tema do evento: Seu negócio pode se tornar uma rede de franquias?
Data: 06/11 às 9h
Local: Auditório – Editora Abril – Avenida das Nações Unidas, 7221 – Pinheiros (São Paulo)
Capacidade: 70 pessoas
Público: empresários que desejam saber se o sistema de Franchising pode ser uma estratégia viável para expansão do seu negócio
Palestrante: Marcelo Cherto, presidente e fundador do Grupo Cherto
Duração da palestra: 1 hora e 30 minutos

Conteúdo:
– O que é Franchising
– Como as técnicas do Franchising podem ajudar sua empresa a crescer de forma estruturada
– Que características uma empresa precisa ter para poder se tornar uma rede franqueadora
– Os motivos certos e errados para franquear um modelo de negócio
– Exemplos de empresas do varejo, da indústria e do setor de serviços que cresceram com franquias

Currículo do palestrante:
Marcelo Cherto é presidente e fundador do Grupo Cherto, a maior consultoria especializada em franchising do Brasil. Mestre em Direito pela New York University, é um dos fundadores da Associação Brasileira de Franchising (ABF), além de membro da Academia Brasileira de Marketing e do Global Advisory Board da Endeavor Global. Já escreveu 13 livros, entre eles “Franchising – uma estratégia para expansão de negócios”.
Confirmação de presença: os interessados podem mandar um e-mail para thatiana.miranda@cherto.com.br ou ligar para (11) 3549-9910 e informar nome completo, e-mail, telefone e RG.

O que são franquias sociais e como elas funcionam

Você sabe o que é uma franquia social e como ela funciona? Na entrevista ao site do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS), Marina Dalul, sócia do Grupo Cherto, explica como funcionam as franquias sociais e mostra por que esse modelo tem sido cada vez mais usado por fundações e institutos que querem expandir seus projetos sociais.

IDIS: O que é uma franquia social? Quais as semelhanças e diferenças em relação ao modelo comercial? Marina Dalul: Franquia social é uma forma de usar as técnicas e ferramentas do franchising para expandir e replicar um projeto social. A principal diferença em relação à comercial é que não visa lucro, mas sim a sustentabilidade e o crescimento do projeto social. Ninguém faz uma franquia social para ganhar dinheiro – nem o franqueador, nem o franqueado. A semelhança é que o “dono” do projeto social – nesse caso, o franqueador do modelo – vai transferir seu conhecimento e vai dar apoio a seus parceiros, como acontece nas demais franquias.

De onde veio a ideia de criar franquias sociais? A franquia social surgiu da necessidade de replicar projetos sociais – essas organizações queriam levar seus projetos a mais pessoas e se apropriaram das técnicas do franchising para isso. Aqui no Brasil, a primeira franquia social de que temos notícia é a rede Formare, criada pela Fundação Iochpe.

Como está a disseminação das franquias sociais no Brasil? Já há casos que podem ser considerados exemplares? Nos últimos anos, muitas fundações e institutos têm usado as técnicas do franchising para expandir seus projetos sociais. Nem todas têm contratos e regras tão definidas a ponto de caracterizar uma franquia social propriamente dita, seguindo as leis de franquia vigentes no Brasil. Mas muitas se utilizam das técnicas do franchising e fazem isso com disciplina e bons resultados, beneficiando mais pessoas com seus projetos sociais. Há diversos exemplos, mas destacamos o Formare como caso de sucesso.

Quais as vantagens de estabelecer uma franquia social? Com a franquia social, o franqueador – criador do projeto – terá mais controle sobre como seu projeto será executado pelos parceiros, garantindo a qualidade, já que ele poderá estabelecer algumas regras no contrato de franquia. O franqueador também aumenta a capilaridade e o potencial de crescimento do projeto, porque se vale do apoio dos seus parceiros. Além disso, com a colaboração dos parceiros, o projeto cresce de maneira estruturada e ganha apoio para se desenvolver ainda mais.

Como conciliar a ideia de lucro por trás de uma franquia com a noção geralmente não lucrativa inerente a projetos sociais? A franquia social não é feita para dar lucro. Ela deve ser uma operação financeira superavitária, ou seja, deve ter mais receitas que despesas, para poder viver dos próprios recursos, ser autossustentável. Mas esse superávit não vai para o bolso de ninguém. Esse resultado é reinvestido na própria rede, para novas pesquisas e desenvolvimento do projeto, melhorando sua qualidade e sua abrangência.

Existem áreas de atuação mais adequadas ao uso de franquias sociais? Não sei se é possível dizer que existem áreas mais adequadas para receber franquias sociais. O que existem são projetos com características que facilitam a transformação em franquias sociais. Assim como há negócios que podem ser replicados em outros lugares e por isso se transformam em franquias, existem projetos sociais que tendem a ser mais facilmente replicáveis e, por isso, se transformam em franquias sociais.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Griletto reforça expansão no Nordeste e abre loja em Pernambuco

Com 140 unidades no país, a rede de franquias Griletto, especializada em grelhados e parmegianas inaugura a primeira unidade em Pernambuco, em Vitória do Santo Antão. A rede pretende inaugurar cinco unidades na região até 2014.

“Estamos investindo no mercado pernambucano que está em franco  crescimento, economia aquecida e com o consumo em ascensão”, conta Jorge Mariano, gerente de expansão do Griletto.

Segundo Associação Brasileira de Franchising (ABF), Pernambuco tem cerca de 32% de investimento do setor de franquias e terá 14% a mais no faturamento em 2013 . “O Estado é um grande potencial para franquias, por isso apostamos nos empreendedores regionais”, conta.

Atualmente a rede possui 11 lojas localizadas no Nordeste em locais como Bahia, Alagoas, Piauí, Maranhão, Ceará, Paraíba e Pernambuco, com plano de chegar a 20 na região até 2014.

A rede de franquias pretende faturar R$ 150 milhões este ano. Os 140 restaurantes Griletto estão presentes em dezoito estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Bahia, Goiás, Alagoas, Piauí, Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro, Paraíba, Mato Grosso, Rondônia, Espirito Santo, Ceará, Mato Grosso do Sul e Tocantins, além de Brasília.

Fundado em 2004, em Itu (SP), o Griletto é uma rede de restaurantes fast-food especializada em grelhados e parmegianas. No mercado de franquias desde 2008, a marca é uma das que mais cresce no país. Em 2012, a rede obteve crescimento de 65% em pontos de vendas, com 48 novas lojas, e registrou faturamento de R$ 112 milhões.

Um dos segredos da marca é servir pratos saudáveis e rápidos com sabor de comida caseira e produtos de qualidade com preços extremamente acessíveis. O Griletto atende cerca de 5 milhões de pessoas por ano. Em 2012, vendeu mais de sete milhões de pratos. São mais de 60 opções de pratos principais, além de acompanhamentos, bebidas e sobremesas, com preços a partir de R$ 8,90.

:::Saiba mais sobre a franquia Griletto::: 

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Franquia de acessórios MyGloss inicia forte expansão no Nordeste

A MyGloss inicia a expansão da marca no Nordeste do país. Os pontos serão instalados entre outubro e novembro em Fortaleza (CE), Petrolina (PE) e Recife (PE). O objetivo da empresa é consolidar cada vez mais sua atuação na região e manter o constante crescimento da rede chegando aos R$ 15 milhões em faturamento em 2013, o que representa um aumento de 67% em relação ao ano anterior quando fechou 2012 com R$ 9 milhões.

De acordo com Rodrigo Stocco, CEO e founder da rede, a expectativa é abrir mais oito unidades na região no próximo ano.  “A nossa intenção é expandir em todo o Nordeste principalmente pelo alto crescimento econômico da população. Estamos em busca de mais oportunidades”, afirma Stocco.

Além do Nordeste, a rede já está presente nos seguintes estados brasileiros: São Paulo (capital e Ribeirão Preto), Mato Grosso do Sul (Campo Grande), Pará (Belém), Goiás (Goiânia) e Distrito Federal (Brasília). Ainda de acordo com Stocco, o modelo de negócio da MyGloss é objetivo. “Queremos “compartilhar” um negócio atrativo e muito rentável para o franqueado”, enfatiza.

Entre os itens de produção própria, há cerca de 600 modelos entre bolsas, cintos, lenços, colares, acessórios de cabelo, brincos, pulseiras e anéis. Os preços variam de R$ 19 a R$ 499. A próxima coleção de alto verão terá como estrela a atriz global Thaila Ayala.

No mês passado, a empresa lançou seu e-commerce com a expectativa de aumentar R$ 1 milhão às vendas com o novo canal.

A MyGloss surgiu como  case de mídias sociais. Segundo Stocco, a missão da empresa é “compartilhar” moda e alegria com as pessoas. Por isso, o segredo do sucesso foi entrar no meio online antes mesmo de ter uma loja para ir conquistando seu público gradualmente, que são mulheres que gostam de moda com espírito jovem, alegres e conectadas. 

A estratégia deu tão certo que hoje a Fan Page da rede conta com mais de 1, 5 milhões de fãs e os posts alcançam cerca de 5 milhões de pageviews por semana. De acordo com a pesquisa Índex Social, a empresa está entre as marcas brasileiras mais engajadas nas redes sociais, sendo a primeira marca de moda no Brasil.

:::Saiba mais sobre a franquia MyGloss:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Tip Top intensifica expansão no interior e abre loja em Bauru (SP)

A Tip Top, rede de franquias especializada em roupas infantis, anuncia a abertura da primeira unidade em Bauru (SP). A loja está localizada no Shopping Bauru, no bairro Vila Nova Cidade Universitária. Esta é a 79.ª TIP TOP no Brasil, e a perspectiva da marca é de fechar o ano com 85 lojas.

 De acordo com o gerente de expansão da marca, Ricardo Marcondes, os investimentos na cidade fazem parte do plano de crescimento da rede no próximo ano, quando planejam chegar a 100 lojas franqueadas. “A economia local aquecida nos permite enxergar muitas oportunidades na região”, comemora Marcondes.

Uma pesquisa elaborada pela Fundação Seade coloca a região em quarto lugar em volume de recursos a serem aplicados no interior pela iniciativa privada nos próximos anos. Animada diante dessa perspectiva, Christiane Soria Vaz da Silva, que já tem uma loja da rede na cidade de Marília e possui uma boa identificação com a marca e com o público, será também a franqueada da unidade em Bauru. “A Tip Top é uma marca com credibilidade, e sua trajetória no mercado é um fator muito importante na hora de continuar investindo na marca. Inclusive, não quero parar por aqui, tenho muitos planos para o futuro próximo”, explica Christiane.

 A Tip Top iniciou o seu processo de expansão por meio de franquias em 2008, e depois de quatro anos conquistou números significativos no mercado infantil, com o crescimento de 23% no faturamento previsto para 2013. “O nosso processo de inovação é contínuo, e sempre estamos buscando aprimorar nossas expertises. Para 2014 estamos planejando chegar a 100 lojas, mas com certeza teremos novidades pela frente”, revela Marcondes.

:::Saiba mais sobre a franquia Tip Top::: 

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Franquias que atendem público feminino são as mais procuradas

Por Filomena Garcia*

Já faz algum tempo que as mulheres vêm ganhando mais e mais espaço no mercado de trabalho. E à medida que elas se destacam nas empresas, passam a dedicar mais tempo à carreira e ao seu aprimoramento profissional. As consequências disso logo aparecem no dia-a-dia: elas ficam com mais dinheiro no bolso e menos tempo para cuidar da família, da casa, de si mesma e para tocar outras tarefas cotidianas.

Trata-se de uma mudança enorme na rotina das famílias e da sociedade – e também de uma grande oportunidade para as empresas que souberem entender essa nova mulher, oferecendo produtos que lhe agradem e também serviços que as ajudem a tornar a vida mais prática e prazerosa.

A mulher moderna, que trabalha e corre contra o tempo, é hoje a responsável por esquentar a demanda por diversos tipos de produtos e serviços, desde a indústria cosmética até serviços de lavanderia. E esse movimento chegou às franquias.

Hoje, setores como Beleza e Saúde, Calçados e Acessórios e Moda feminina e Infantil têm forte demanda de investidores que querem abrir franquias nesses segmentos justamente para atender essas mulheres.

Nos últimos anos, vale ressaltar que surgiram alguns negócios atendem somente o público feminino – com as academias voltadas só para mulheres. Também foram criados centros de estética que oferecem um único tipo de serviço com agilidade e praticidade, como o Spa das Sobrancelhas.

Esses modelos de negócio não existiam no passado. Portanto, um novo mercado de serviços e produtos vem sendo criado a partir desta nova consumidora atual e moderna, que quer ter acesso a novidades e acima de tudo anseia por negócios que atendam suas necessidades de conveniência e atendimento premium. E o melhor: elas estão dispostasa pagar para receber esses diferenciais.

 Empreendedores que buscam modelos de negócios para atender esse público encontram no mercado de Franquias várias oportunidades. E são oportunidades que atendem não apenas as mulheres como consumidoras, mas também como empreendedoras.

Várias marcas que operam no varejo e vendem produtos para mulheres também preferem ter mulheres como franqueadas. As redes escolhem as empreendedoras para operar suas franquias porque acreditam que as mulheres entenderão melhor as clientes e estarão mais alinhadas com os produtos e serviços oferecidos. Para um negócio ter sucesso, é muito importante que o seu dono – ou, no caso, sua dona – tenha afinidade com a área em que trabalha. E, neste quesito, muitas empreendedoras têm realmente a cara da marca que representam.

Não restam dúvidas de que as empresas voltadas para mulher moderna estão em pleno crescimento e que tanto homens como mulheres podem estar à frente desses negócios, aproveitando as oportunidades em um mercado que tem tudo para dar cada vez mais certo!

* Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios , varejo e Franchising. É co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios” e “Marketing para Franquias”

UNS Idiomas firma parceria com faculdade FMU para ensinar inglês aos universitários

A UNS Idiomas, rede de escolas de inglês com curso de 18 meses, participará do 2º Encontro de Qualidade FMU, que ocorre no dia 23 de outubro, em São Paulo. Durante o evento, a rede anunciará oficialmente ao mercado a parceria fechada com a FMU, que tem o objetivo de oferecer aos alunos a oportunidade de aprender inglês dentro da universidade com a qualidade e a metodologia de uma renomada rede do setor. O apresentador Rodrigo Faro, garoto-propaganda da UNS, também estará no encontro e contará um pouco sobre sua trajetória até alcançar o sucesso, além de suas escolhas profissionais. 

A ação contará com um painel interativo que terá a participação do presidente da UNS Idiomas, Marcel Magalhães, e do diretor de Marketing da FMU, Wilson Diniz, que aproveitarão o evento para falar sobre os detalhes da parceria e o objetivo de disseminar o ensino de inglês aos universitários. “O mercado de trabalho está cada vez mais exigente e apenas conhecimentos rasos da língua inglesa não são suficientes para garantir uma carreira promissora. Por isso, a parceria entre a UNS Idiomas e a FMU já é um sucesso”, explica o presidente da UNS Idiomas. 

O evento é dirigido aos gestores de RH de grandes parceiros da FMU, que possui papel decisivo na educação corporativa no país. “Pensamos no modelo de painel para poder ouvir também a voz do mercado. Estes parceiros nos ajudam a desenhar uma formação diferenciada para nossos alunos e, neste sentido, ter uma parceria com a UNS Idiomas é um passo importante”, comenta Diniz, diretor da FMU.

:::Saiba mais sobre a franquia UNS Idiomas:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Koni Store investe 11 milhões em novas unidades pelo Brasil

Investindo cada vez mais na expansão da marca, a Koni Store inaugura lojas no formato express em vários estados do Brasil. São Paulo será contemplada com duas e o Distrito Federal, com uma. Estão previstas também inaugurações no Ceará e Goiás. Para o Rio de Janeiro constam sete unidades na Barra da Tijuca (shopping Metropolitano e no condomínio Novo Leblon), Lapa, Sulacap, duas Niterói e Tijuca. 

A rede atualmente possui 60 lojas espalhadas pelo Brasil e 82 entre (abertas e assinadas). A projeção é encerrar o ano com 100 unidades. Os investimentos chegam à casa de R$ 11 milhões e o Koni estima crescimento 8,1 % no faturamento com a expansão dos negócios.

O modelo express é menor em relação às lojas tradicionais da rede e o atendimento segue o padrão rápido: o cliente faz o pedido diretamente no caixa, acompanha o preparo do prato e utiliza as mesas da praça de alimentação.

O menu conta com opções de Sashimis, Rolls, Yakisobas e os famosos Konis (temakis), além de uma linha premium assinada pelo chef Adriano Kanashiro. A finalidade é oferecer variedades no cardápio para os clientes que buscam por uma refeição de qualidade e instantânea.

:::Saiba mais sobre a franquia Koni Store:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Com 25 anos de mercado, Casa do Notebook aposta em lojas de rua

A Casa do Notebook, rede de franquias de assistência técnica e venda de acessórios para notebooks, está comemorando 25 anos e o crescimento constante num mercado em que a carência por este tipo de serviço profissional no varejo é muito grande. A rede, que hoje possui 44 unidades, já comercializou mais 6 franquias desde o início desse segundo semestre e está apostando em lojas de rua em cidades a partir de 50 mil habitantes.

“A venda de notebooks ultrapassou a de desktops em 2011. Em 2013 a previsão mundial é de alcançar o total de 207 milhões de notebooks vendidos. Por sua vez, os tablets e smartphones vêm superando todas as expectativas e a Casa do Notebook já oferece serviços de assistência técnica e venda de acessórios e peças para esses portáteis”, explica Paulo Castanho, diretor da empresa.

Segundo Castanho, não é somente o aquecimento do mercado e a falta de mão de obra especializada e confiável que tem feito a Casa do Notebook ser tão procurada no último ano para a venda de franquias. “As lojas são extremamente funcionais e o custo é infinitamente inferior a uma franquia deste segmento”, declara ele. As lojas são pequenas, de 35m² a 50 m² e possuem duas áreas: o atendimento ao cliente, com a recepção dos equipamentos e venda de acessórios e peças e um pequeno laboratório técnico ao fundo.

Com um investimento a partir de R$ 85 mil é possível ter uma loja montada e equipada, com todo o treinamento necessário aos franqueados, em cidades até 200 mil habitantes. Uma característica que também tem atraído muitos investidores à Casa do Notebook é o fato dos franqueados terem total liberdade para fechar contratos e vender produtos de diversos fornecedores, sem precisarem repassar uma porcentagem do faturamento à franqueadora, já que os royalties são fixos. “Além disso, é uma das franquias que possuem a lucratividade mais alta do mercado. Uma loja, cujo faturamento médio é de R$ 30 mil, pode render uma lucratividade de 25% aos franqueados”, detalha Castanho.

 Até o final deste ano, as 6 novas unidades comercializadas serão inauguradas nas cidades de Belo Horizonte/MG, Araguaína/TO, São Bernardo do Campo/SP, Pouso Alegre/MG, Teresina/PI e Santo André/SP. A meta da empresa para 2014 é alcançar 70 unidades em operação e, em 5 anos, chegar a 200 lojas em todo o país. A Casa do Notebook fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 8 milhões e deve chegar aos R$ 10 milhões até dezembro deste ano.

Fundada em 1988 em São Paulo, a Casa do Notebook passou por todas as fases da microinformática: Vendeu PCs e acessórios, ofereceu cursos de dBase e Lotus 123, desenvolveu sistemas administrativos em Clipper, implantou redes Novell, seguindo as necessidades e as tendências do mercado. Mas foi em 1992 que ocorreu a grande mudança. A consultoria a uma grande rede de restaurantes possibilitou uma viagem aos Estados Unidos, onde os diretores da empresa puderam observar o sucesso da computação portátil. Os laptops começavam a se tornar uma nova tendência, e peça chave para os executivos que faziam viagens de negócios. Voltando ao Brasil, a decisão já estava tomada e a ideia era focar num segmento novo e de futuro e seus sócios resolveram registrar a marca “Casa do Notebook”.

:::Saiba mais sobre a franquia Casa do Notebook:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Budha Khe Rhi abre sua primeira loja de shopping em Porto Alegre (RS)

Está marcada para o dia 5 de novembro a inauguração de mais uma franquia da Budha Khe Rhi em Porto Alegre, a primeira da marca situada em um shopping center na capital. A loja abrirá no terceiro andar junto com mais 50 lojas previstas na expansão do Shopping Praia de Belas.

A nova operação faz parte da estratégia de expansão da marca através de franquias que contempla a abertura de 104 lojas em 5 anos. Atualmente, a Budha Khe Rhi possui 3 lojas próprias (Porto Alegre, São Paulo e no litoral gaúcho), 4 franquias (Porto Alegre, Garopaba/SC, Volta Redonda/RJ e loja online) e diversas multimarcas distribuídas por todo o país: do Rio Grande do Sul ao Amapá.

Em novembro de 2013, estão confirmadas as aberturas de mais três franquias: no Shopping Tijuca (pertencente ao Grupo BRMalls), no Rio de Janeiro; no Shopping Anália Franco (Multiplan), em São Paulo e na badalada Rua das Figueiras, em Santo André/SP. Mas, o ano não vai parar por aí: novos negócios estão na mira da marca.

A Budha Khe Rhi teve diversas datas de nascimento. Primeiro, em 2003, quando dois melhores amigos gaúchos faziam um mochilão pela Ásia. Lá, se encantaram pela cultura local e voltaram ao Brasil com muitas ideias. Mais tarde, em 2004, quando já de volta ao Brasil, os amigos resolveram vender calças de praia tailandesas em Morro de São Paulo, na Bahia. O que era para ser uma brincadeira de verão, tornou-se algo muito maior do que eles poderiam imaginar.

Sem nenhum capital, mas com muita vontade e muito desconhecimento de limites, 8 anos depois, a Budha Khe Rhi transformou-se em uma marca em franca expansão. Conhecida pelo espírito jovem, aventureiro, descolado, criativo e ecológico, a marca conversa de maneira informal e irreverente com o seu público. O resultado dessa autenticidade, independência e originalidade é a transformação de clientes em fãs da marca.

:::Saiba mais sobre a franquia Budha Khe Rhi:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::