Cafeterias e confeitarias

Representatividade

6,8%

de crescimento

Esta foi a alta do faturamento que as redes de alimentação registraram em 2014, em relação ao ano anterior. Em média, o crescimento do mercado de franquias foi de 7,7%

200

marcas

O segmento inclui cafeterias, confeitarias, sorveterias, lojas de chocolate, lojas de conveniência e empresas que vendem todos os tipos de comidinhas – que vão desde cupcakes até paletas mexicanas e milk shakes. Hoje já são mais de 200 marcas do segmento que atuam no sistema de franchising

Grandes redes

O setor abriga algumas das maiores redes de franquia do Brasil, como Cacau Show, AM PM e BR Mania

Perspectivas

8,2

Bilhões de reais

Foi o quanto movimentou o mercado de café brasileiro em 2013, mantendo o Brasil no posto de principal produtor mundial do grão e em 2º lugar no ranking de países consumidores

3.500

Cafeterias

Esse é o número de cafeterias existentes em todo Brasil. Metade da quantidade de café que o brasileiro consome fora de casa é tomado nesses estabelecimentos.

97%

Dos brasileiros consomem café e 36% do consumo é feito fora de casa – em padarias, cafeterias e restaurantes. Os dados são da Associação Brasileira da Indústria do Café (Abic).

Tendências

Café gourmet

O consumo de cafés especiais, também conhecidos como gourmet, cresce cerca de 15% ao ano, contra 3% dos cafés tradicionais no Brasil, segundo estimativas da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA, sigla em inglês).

Especialização

Se antes as confeitarias ofereciam todo tipo de doces, hoje há várias franquias que se destacam por serem especializadas em um único produto (como cupcakes, bolos , bombas doces ou brigadeiros)

Lojas compactas

Quiosques e food trucks são alguns dos modelos de loja que têm sido adotados com mais frequência pelas redes de cafeterias e confeitarias em sua expansão – o que é uma boa notícia para os franqueados, já que isso barateia o investimento na franquia

Cuidados ao investir

  • Estude a fundo a concorrência e pesquise bastante o ponto comercial, desde a localização, o perfil do público e os custos. Investir em modismos ou em áreas que já estão saturadas podem ser um grande risco para o negócio.
  • Ao escolher uma cafeteria ou confeitaria, muitos investidores tendem a olhar apenas para negócios que ofereçam produtos que agradem seu paladar. Isso é importante, sem dúvida. Mas é igualmente importante avaliar os aspectos financeiros do negócio (como o Custo da Mercadoria Vendida, por exemplo) e também o suporte que recebem do franqueador (Exemplo: ele já oferece uma lista de fornecedores locais e tem preço negociado com todos eles?)
  • Normalmente, cafeterias ou confeitarias instaladas em shoppings funcionam todos os dias, inclusive aos finais de semana. Quem não tem disponibilidade para trabalhar aos fins de semana ou fora do horário comercial provavelmente não estará apto a ter um negócio de alimentos.

Quero receber a newsletter Franchise Store para me manter informado sobre o mercado de franquias

Quer se manter informado sobre o mercado de franquias?

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.