Saiba quais os suportes que o franqueador oferece aos franqueados

Investidores que pretendem abrir seu próprio negócio às vezes ficam em dúvida entre montar uma nova loja ou adquirir uma franquia. As principais vantagens em se tornar franqueado de uma rede é poder trabalhar com uma marca já conhecida e, além disso, ter acesso a todo know-how que faz aquele negócio dar certo e crescer.

É papel do franqueador transmitir seu conhecimento aos franqueados e fornecer ferramentas para que a franquia alcance o sucesso. Desde a escolha do ponto, até treinamentos periódicos, cada franqueador oferece um tipo de suporte aos seus franqueados para garantir que todos sigam seu modelo de negócio e mantenham o bom desempenho da rede. Ao fazer isso, além de conquistar a fidelidade dos clientes, as marcas também buscam atrair mais sócios e expandir para diversas regiões.

Confira a seguir quais são os tipos de suporte que o franqueador pode oferecer a seus franqueados:

Seleção do ponto comercial

A escolha do ponto é um dos primeiros fatores a ser levado em conta para gerar bom resultado para a franquia. A localização da loja pode ser tanto na rua, shoppings ou até galerias e outros estabelecimentos. Depende do modelo do negócio e de que maneira ele dá mais visibilidade e se aproxima do público. Por isso, muitos franqueadores pré-selecionam o ponto comercial antes de entregá-lo a seus novos parceiros. A empresa pode adquirir previamente o ponto e repassá-lo ao franqueado ou usar parâmetros e ferramentas de geomarketing para definir qual é a melhor localização da nova loja.

Projeto Arquitetônico

Antes de iniciar a expansão, as franqueadoras contratam um escritório de arquitetura para montar um projeto padrão que servirá para todas as unidades da rede. O franqueado é responsável por adaptar este projeto ao seu ponto, contratando um profissional para adequar o modelo exigido de acordo com o tamanho do ponto.

 Apoio para financiamento e projeto financeiro

Algumas franqueadoras têm parceria com bancos para permitir que o franqueado tome crédito para compra da franquia. Outras franqueadoras chegam até mesmo a financiar parte da abertura da unidade com recursos próprios. Já com a unidade aberta, não cabe mais à franqueadora fornecer capital para o desenvolvimento da loja – seu papel passa a ser apenas o de dar orientações sobre a gestão das finanças da unidade, auxiliando o franqueado a organizar o caixa, os custos e os investimentos.

Apoio jurídico e administrativo

Ao fechar contrato com a rede, muitas vezes são oferecidos serviços jurídicos e administrativos do escritório que cuida destes processos da marca. Apoio jurídico consiste em orientações para o contrato social e formalidades legais para abertura da loja (registro na Junta Comercial, Inscrição na Receita Federal, CNPJ, entre outros). A franqueadora também pode oferecer orientações sobre a seleção e contratação de funcionários, indicando o perfil de cada cargo e os cálculos formais para pagamento de salários e benefícios.

Manuais

Os manuais de franquia são o conjunto de passos operacionais necessários para instruir a equipe. É um dos meios de transferir o know-how da franqueadora à unidade franqueada e, dessa forma, padronizar a atuação da rede e permitir que o franqueado replique apenas as melhores práticas. O conteúdo dos manuais são as ferramentas trabalhadas, os conceitos da rede e os processos. Tudo isso com uma linguagem fácil e que estimule a equipe a usá-lo.

Treinamento

Ao iniciar uma nova unidade, as franqueadoras geralmente oferecem treinamentos para passar para toda a equipe o know-how da rede. É muito importante transmitir para os colaboradores da loja todo o padrão de como a marca atua, desde de como gerir o negócio, controle de estoque, até como atender o cliente na hora da venda, pois é este processo que mantém o sucesso do negócio.

Consultoria de Campo

Periodicamente, a franqueadora oferece para todas as suas unidades um consultor de campo, seja ele da própria empresa, ou contratado de alguma consultoria. O papel desse profissional é visitar a loja, checar se todos os processos estão sendo cumpridos de maneira correta, identificar problemas e propor soluções, sempre com o objetivo de melhorar o desempenho da unidade e garantir a padronização da rede.

Publicidade e Marketing

Dentre as taxas que o franqueado paga para a franqueadora, existe uma específica que vai para o fundo de marketing. Esta contribuição é recolhida de todas as unidades da rede com o objetivo de realizar ações de marketing para dar visibilidade às lojas da marca. Este dinheiro é aplicado desde campanhas em mídias de massa (rádio, televisão, revistas, jornais, internet), até ações locais como anúncios e banners. Geralmente a criação fica por conta do franqueador e a estratégia de veiculação fica na responsabilidade do próprio franqueado.

6 respostas
    • Franchise Store
      Franchise Store says:

      Olá, Edenilso. Entraremos em contato com você por e-mail para oferecer algumas orientações sobre o mercado de franquias e apresentar oportunidades de negócio na região. Se preferir, entre em contato conosco pelo e-mail atendimento@franchisestore.com.br ou pelo telefone (11) 3729-2093. Será um prazer ajudá-lo!

      Responder
  1. Leonardo
    Leonardo says:

    Muitas franquias têm poucas informações nos seus sites. Quando você pede mais informações, te pedem até declaração do imposto de renda, contra-cheque, e muitas outras. A Circular de Oferta de Franquia, ao que me parece, é entregue muito próximo da assinatura do contrato (10 dias antes). Mas e antes disso? Lá no início, o que eu posso pedir para avaliar o negócio? Tem algum documento que a franqueadora seja obrigada a entregar a qualquer pessoa que se diga interessada? Pode cobrar dinheiro por este documento? Pode cobrar informações pessoais do interessado ou se recusar a entregá-lo?
    Obrigado!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *