Expansão de franquia de factoring avança 40% no segundo trimestre

Pioneira em formatação de franquias de factoring, a Federal Invest, maior rede do segmento no país, abriu 14 novas unidades no segundo trimestre de 2017, alcançando a média de uma agência inaugurada a cada seis dias. O número superou em 40% o total de unidades instaladas no primeiro trimestre e em 100% as que iniciaram operações no mesmo período de 2016.

Oito das agências inauguradas nos últimos três meses localizam-se no Estado de São Paulo: quatro no interior (Bauru, Guaratinguetá, Jundiaí e Mogi Guaçu), três na capital e uma na Grande São Paulo (Alphaville – Barueri). No mesmo período, a Federal Invest abriu novas unidades em Goiânia/GO (duas), Porto Alegre/RS, Pouso Alegre/MG, Rio de Janeiro/RJ e Rondonópolis/MT.

Planejamento estratégico, marca consolidada, padrão de qualidade, excelência no atendimento e ampliação do portfólio de serviços são alguns dos fatores responsáveis pela aceleração da expansão da empresa, que movimentou R$ 1,8 bilhão em negócios no ano passado e caminha para uma alta superior a 15% em 2017. Apenas em maio deste ano, a Federal Invest realizou R$ 170 milhões em antecipações de recebíveis.

O número de interessados em investir em uma franquia da marca também deu um salto expressivo. De janeiro a junho de 2017, o total de empresários que procuraram a Federal Invest, atraídos pela oportunidade de abrir uma agência de factoring, aumentou 58% em relação ao ano passado.

O interesse crescente é resultado da alta demanda por factoring – uma das atividades econômicas mais promissoras no Brasil, apesar da crise – somada à conveniência de abrir uma franquia de empresa de reconhecida expertise na área, contando com know-how, assessoria completa e suporte.

Com mais de 120 unidades distribuídas em 23 estados brasileiros e 23 anos de atuação em fomento comercial, a Federal Invest trabalha com antecipação de recebíveis (cheques, vendas em cartões de crédito e débito, duplicatas e direitos de contratos) e oferece serviços de consultoria administrativa e gestão de contas a pagar e receber, beneficiando principalmente micro e pequenas empresas. Além disso, por meio de Fundo de Investimento próprio (FIDC), atende clientes que necessitam de crédito em valores mais altos, como médias e grandes empresas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *