Ajuda para escolher franquia

Como escolher uma franquia?

Nesta página, você encontrará dicas práticas que vão ajudá-lo a avaliar as oportunidades de franquias que o mercado oferece e decidir se o Franchising serve para você e qual, dentre as milhares de franquias hoje disponíveis no Brasil, é a mais adequada ao seu perfil, aos seus planos e sonhos, às suas necessidades e às suas possibilidades. Veja abaixo quais etapas você tem que percorrer até escolher uma franquia:

1 – Conheça a si mesmo

Faça uma auto-avaliação cuidadosa e honesta. Quais são seus pontos fortes? E seus pontos fracos? Quais são seus sonhos? Em que ramo de negócio deseja atuar? Você tem as habilidades mínimas necessárias para se dar bem como dono de um negócio nesse ramo? O que lhe falta?

O que impede ou dificulta sua realização pessoal? O que você mais gosta de fazer? Você compreende as implicações de ser franqueado? Está pronto para atuar de acordo com normas e padrões estipulados pelo franqueador?

2 – Avalie seu mercado

Quais tipos de negócio poderão ser bem-sucedidos na região em que você pretende instalar a sua franquia? Você já analisou isso a fundo? Está disposto a fazer isso antes de assinar um contrato de franquia?

Lembre-se que sem clientes em quantidade suficiente e com interesse e pode aquisitivo compatível com os produtos e serviços você terá para lhes oferecer, não há negócio que resista.

3 – Defina suas possibilidades

De quanto dinheiro você dispõe para investir no negócio? Você dispõe de recursos suficientes para continuar vivendo e pagando as despesas da família até que o negócio passe a gerar resultados que possam ser retirados sem colocar em risco o futuro da empresa? Sua família apoia sua decisão de empreender e está disposta a reduzir o padrão de vida, se necessário?

Você está consciente de que não há negócio que comece a gerar resultados logo no primeiro dia? De que pode levar alguns meses até que o negócio atinja seu ponto de equilíbrio (ou seja, que as receitas atinjam o mesmo patamar das despesas)?

4 – Estude as alternativas

Depois de fazer um filtro inicial, definindo em qual ramo você preferiria atuar, procure conhecer as oportunidades que o mercado lhe oferece nessa área. Mesmo que esteja interessado em uma determinada marca, procure compará-la com outras e verifique com cautela todos os dados do negócio – como investimento inicial, taxa de franquia, rentabilidade, prazo de retorno do investimento, entre outros aspectos.

Visite feiras de franquia, como aquela realizada anualmente pela Associação Brasileira de Franchising, e pesquise todas as marcas listadas aqui neste site. Receba também uma consultoria gratuita da Franchise Store. Para conversar com nossos consultores e conhecer melhor as opções disponíveis no mercado, basta ligar para (11) 3729-2093 ou enviar um e-mail para franchisestore@franchisestore.com.br.

5 – Informe-se sobre o histórico da franqueadora

Uma das primeiras coisas que os grandes investidores institucionais avaliam antes de colocar dinheiro num projeto são as pessoas que estão por trás daquele negócio. Por isso, procure se informar sobre a história da empresa franqueadora, dos seus sócios e fundadores e das pessoas que trabalham ali. Quem desenvolveu, quem estruturou e quem vai operar o negócio no dia a dia?

Da mesma forma, é recomendável avaliar a credibilidade das pessoas no mercado e o histórico de sucesso (ou de fracassos) dos integrantes da equipe do franqueador.

6 – Converse com quem já é franqueado

Procure visitar algumas unidades da marca e conversar pessoalmente com alguns franqueados da rede. Se necessário, converse também com os franqueados que já se desligaram da rede. Você encontra os nomes e endereços dessas pessoas na Circular de Oferta de Franquia.

Os franqueados podem ajudá-lo a saber qual é o suporte real que o franqueador oferece a sua rede e também dirão como é a rotina do dono de uma franquia. Mas converse com pelo cinco franqueados, para que opiniões positivas ou negativas demais não contaminem a sua percepção sobre a empresa.

7 – Estude com cautela a Circular de Oferta de Franquia

A Circular de Oferta de Franquia (COF) é um documento que, por lei, o franqueador deve entregá-lo no mínimo 10 dias antes de assinar qualquer contrato ou efetuar qualquer pagamento. Neste documento, estão expressos os direitos e deveres de franqueados e franqueadores. Muitos franqueados têm o péssimo hábito de firmar o contrato sem ler a COF – e a maioria pode se arrepender disso depois.

8 – Analise o contrato – de verdade!

Nunca assine um contrato sem antes analisá-lo a fundo, com a ajuda de um advogado de sua confiança que entenda de contratos. Parece óbvio, mas é importante lembrar que você jamais poderá alegar em sua defesa que ignora qualquer cláusula do contrato.

9 – Entenda o papel de cada parte

O franqueado que quiser ser bem-sucedido procurará seguir as normas e padrões definidos pelo franqueador. Portanto, seu papel como franqueado não será o de ficar “reinventando a roda”, nem fazendo as coisas à sua própria maneira. Se você acha que não conseguirá conviver com essas regras, então talvez seja melhor rever sua decisão de investir numa franquia. Mas se você gosta da ideia de replicar um modelo pronto e bem sucedido, vá em frente.

10 – Prepare-se para trabalhar muito

Pense muito, analise muito, investigue muito antes de investir seu dinheiro, seu tempo, seu esforço e seus sonhos numa franquia, seja ela qual for. Lembre-se que a franquia que serve para uma pessoa pode não ser a mais indicada para outra. Mas se está certo da sua decisão, prepare-se para se dedicar bastante para fazer bons negócios. E boa sorte!

2 respostas
  1. Marcelo
    Marcelo says:

    Ótimo artigo e estou adorando o site, queria ter o encontrado antes de adquirir minha franquia, mas ainda assim as informações que estou encontrando aqui estão me ajudando muito. Obrigado!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *